​Como cortar gastos da empresa? Essa é uma pergunta que todos os gestores e empresários fazem, uma vez que conter as despesas é fundamental para manter a saúde financeira e crescimento do negócio.  

Pensando nisso, separamos algumas dicas eficientes para economizar dinheiro​ – especialmente se a sua companhia utiliza frota de veículos. Confira! 

1. Substitua materiais descartáveis por reutilizáveis 

Você sabia que é possível economizar muito com a substituição de copos descartáveis de café ou água pelas xícaras? A conta é relativamente simples: um copo de plástico custa em média 4 centavos. Suponhamos que cada colaborador tome um copo de café e um de água por dia.  

Numa empresa com 100 colaboradores, são R$1920 reais gastos por ano, aproximadamente. Ao trocar o descartável pelo de vidro, esse custo é reduzido significativamente.  

2. Preste atenção nos custos menos palpáveis 

Energia elétrica, telefone e internet são custos que podem pesar no fim do mês caso não sejam otimizados. De acordo com uma pesquisa da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro, por exemplo, a conta de luz pode chegar a 40% dos custos de produção numa empresa. Ou seja: vale a pena investir em alternativas como maquinário mais moderno, iluminação natural e utilização de lâmpadas econômicas.  

Para telefone e internet, vale a atenção quanto às ofertas de fornecedores. Muitas vezes, o valor encarece com o passar do tempo. Portanto, a dica é revisar os contratos de prestação de serviço periodicamente e negociar.  

3. Invista na retenção de talentos e seleção assertiva 

Mais uma forma de economizar, pensando a longo prazo, é por meio de contratações bem elaboradas e retenção de talentos. O motivo é simples: o impacto do turnover com demissões de funcionários que não correspondem às expectativas da empresa, bem como perda de efetivo que escolhe sair, custa caro. 

Na conta, além da rescisão de contrato, entra o tempo em que a vaga fica em aberto e o tempo de aprendizado do novo colaborador. Esse período de procura e adaptação significa, principalmente, perda de produtividade – o que afeta diretamente os resultados.  

4. Busque um gerenciamento de estoque adequado 

Empresas que têm depósitos também podem reduzir custos com um gerenciamento adequado do estoque. Isso, porque um estoque mal administrado significa itens vencidos e extraviados, podendo até mesmo gerar pedidos errados e consequentemente a perda de oportunidades. Esses gastos podem ser evitados.  

Para a solução, vale investir em sistemas de gestão integrada que ajudem a controlar as saídas em relação aos pedidos e alertem o setor de compras quando chega o momento de reposição.  

5. Escolha frota terceirizada 

Mais uma maneira inteligente de fazer corte de gastos é com a escolha de frota terceirizada. Na frota própria sua empresa precisa se preocupar com os custos de compra dos veículos, seguro, manutenção, depreciação e até perda de produtividade quando o carro está na oficina. 

Já com a frota terceirizada em fornecedores como a Localiza Gestão de Frotas, sua empresa usa carros novos sem se preocupar com os custos da depreciação ou trâmites de revenda. Um estudo com clientes da Localiza, por exemplo, apontou a economia de até 31%. Além disso, a sua empresa conta com carro reserva durante as manutenções preventivas e corretivas, o que colabora com a produtividade do time.  

6. Mantenha revisões em dia  

Empresas que utilizam frotas também podem colaborar com o corte de gastos quando mantém as revisões e manutenções preventivas em dia. Isso, porque os custos com a substituição de peças antes que elas comprometam o motor ou outros componentes é muito menor do que os gastos corretivos.  

7. Faça o controle dos gastos 

Por fim, uma forma bastante eficiente de reduzir custos é por meio de um controle de despesas adequado. Ao entender os custos fixos e variáveis da companhia, é possível planejar o orçamento com eficiência e visualizar oportunidades de corte que não prejudiquem a qualidade dos produtos e serviços. Vale ressaltar que empresas com frota podem analisar os indicadores resultantes do controle de combustível para desenvolver estratégias de redução de custos com abastecimento.