Icon GF

Menu

Localiza Gestão de Frotas
Ícone Phone

FALE CONOSCO

Icon GF

Menu

Localiza Gestão de Frotas
Ícone Support

FALE CONOSCO

Você está em:
Última atualização em 22/8/2022

Direção ofensiva: como adotar essa conduta no trânsito?

Com toda a agitação e a rotina de trabalho do dia a dia, sabemos que o trânsito pode ser um lugar bastante caótico e estressante, submetendo os condutores a situações adversas.
Imagem de uma mulher dirigindo para ilustrar o conteúdo sobre direção ofensiva e como adotar ela no trânsito

Provavelmente você já se deparou com uma delas, não é?

Portanto é muito importante que os condutores saibam exatamente como agir diante das mais variadas circunstâncias, principalmente quando estas estiverem ligadas a algum tipo de emergência no trânsito e exigirem um comportamento rápido e proativo do motorista, para que assim consiga se livrar de uma situação inesperada. Evitando, assim, possíveis riscos coletivos também.

Gostaria de entender um pouco mais sobre a lógica da direção ofensiva e como adotar essa conduta no trânsito?

Continue aqui com a gente! 

Você pode se interessar em ler também: Segurança no trânsito – como treinar condutores?

O que é a direção ofensiva?

A palavra “ofensiva” associada à direção instantaneamente nos remete a algum tipo de imprudência no trânsito.  

Entretanto, ao contrário do que o nome sugere, direção ofensiva é uma maneira de dirigir de forma mais proativa do que reativa.

Além de ser uma forma de se comportar no trânsito, a direção ofensiva é um conjunto de técnicas e/ou manobras realizado em situações de emergência no trânsito, em que é necessário evitar algum tipo de situação inesperada, como acidentes, perseguições, surpresas na pista e até mesmo em casos de armadilhas para sequestro ou roubos. Por isso é amplamente adotada em algumas operações policiais. 

Como a direção ofensiva funciona na prática?

Direção

Ao se defender de algo, você está agindo em resposta às ações de outra pessoa, concorda?

Essa é a lógica da direção ofensiva no trânsito, e por isso é tão importante que o condutor esteja pronto para reagir a situações extraordinárias.

Por exemplo, diante de uma situação em que o condutor recebe uma “fechada” ao dirigir, ele precisa realizar algum tipo de ação rápida e decisiva para conseguir se livrar do problema, evitando um possível acidente.  

Por causa disso, nesses casos é essencial que o condutor consiga dirigir tendo noção dos riscos e mantendo a calma para agir da melhor maneira.

Assim, entende-se que dirigir de maneira ofensiva significa, acima de tudo, se manter, ao máximo, fora de contextos que possam causar acidentes, seguindo sempre as leis de trânsito.

Levando em conta os pontos levantados, podemos considerar que a conduta de direção mais segura talvez seja a combinação da direção ofensiva com a direção defensiva.  

Dicas para praticar a direção ofensiva  

  • Conheça muito bem as leis de trânsito;
  • Realize periodicamente a manutenção do veículo;
  • Esteja atento aos itens de segurança;
  • Conheça o seu veículo;
  • Não utilize equipamentos de celulares no momento da direção;
  • Evite dirigir em condições climáticas desfavoráveis;
  • Respeite a velocidade permitida;
  • Invista em treinamentos.

A importância dos treinamentos 

Duas pessoas dentro de um carro

Agora já sabemos que a conduta de direção ofensiva é muito importante para a rotina de qualquer condutor e que saber praticá-la pode evitar muitos acidentes e outras perdas.

Porém vale ressaltar que é extremamente necessário que exista um mínimo de preparo para que o condutor esteja apto a adotar de forma segura e correta a prática de direção ofensiva no seu dia a dia.

No caso das empresas que possuem condutores no corpo de funcionários, uma alternativa é investir em treinamentos de direção ofensiva para desenvolver algumas prática e hábitos junto a esses profissionais.

Além de torná-los mais preparados para agir em situações emergenciais, os treinamentos focados em direção ofensiva são uma forma de proporcionar uma significativa redução de gastos com multas e com todos os reparos necessários em casos de envolvimento em acidentes, e também, é claro, preservam a integridade dos próprios colaboradores.

Não deixe de ler também: 6 treinamentos que todo motorista deveria ter!

Gostou das dicas?

Aproveite para seguir a Localiza Gestão de Frotas nas redes sociais e ficar por dentro de tudo o que há de mais inovador no universo da mobilidade urbana.​

Equipe Localiza Gestão de Frotas
Icon FacebookIcon LinkedinIcon Twitter