​​Você sabe o que faz um analista de frota? Esse profissional atua na análise de dados e informações relacionadas à operação dos veículos, buscando melhorias e otimizações em todo o fluxo de trabalho. Além disso, são agentes de relacionamento entre motoristas e gestor. Entenda mais!

Analista de frota: conhecimento e tarefas ​

Os analistas de frota devem possuir conhecimento técnico para demandas operacionais e, ao mesmo tempo, uma visão estratégica do negócio. Geralmente, são profissionais formados em administração, logística ou áreas similares. 

A função do analista está ligada ao auxílio do gestor da empresa e sua atuação pode ser resumida nas seguintes atividades: 
  • Controle de manutenções, documentações e gastos;
  • Planejamento de compra, venda e troca de carros;
  • Produção de relatórios sobre o desempenho dos veículos;
  • Elaboração de treinamentos de equipes;
  • Otimização de processos diminuindo erros operacionais;
  • Produção de roteiros e trajetos das frotas;
  • Fiscalização de entregas e serviços;
  • Suporte técnico para motoristas e transportadoras;
  • Apresentação de resultados operacionais tanto para o gestor quanto para os clientes. 
E para ser um bom analista de frota, você sabe o que é necessário? Confira a seguir as principais competências destes profissionais!

Principais competências de um analista de frota

1. Organização  ​

Condição fundamental para garantir qualidade no desenvolvimento de qualquer atividade profissional. Na análise de frotas, ser organizado facilita a gestão do tempo, fluxos de trabalho e controle das operações e equipes. Nesse sentido, a organização está inserida do ambiente às entregas.

2. Visão global das operações ​

Entender todas as etapas que envolvem o core business da empresa é essencial no trabalho desse profissional. Além disso, o analista de frota precisa ter uma boa noção de questões técnicas básicas dos veículos. Outro ponto importante é que o analista deve buscar atualização constante sobre o mercado automotivo, entendendo as especificidades da área, tendências e oportunidades.

3. Capacidade de controle de dados e tomada de decisões ​

Na busca pela otimização de performances e desenvolvimento de soluções eficientes, o analista também precisa ser eficaz na tomada de decisões. E para contar com um embasamento consistente que o auxilie nesse processo, ele deve manter um controle preciso e confiável dos dados da frota. 

Aqui, entram os sistemas de gestão como ferramentas fundamentais. Com eles, é possível manter em uma mesma plataforma tudo que o analista precisa saber para poder decidir. Na Localiza Gestão de Frotas, o MyFleet , por exemplo, tem painel de indicadores, visão da equipe, informações de manutenções e até gestão de multas.

4. Capacidade de liderança 


Muitas vezes, os analistas de frota também são responsáveis por liderar equipes, avaliar desempenho e fornecer treinamento para funcionários e prestadores de serviços. 

Para isso, são necessárias algumas características essenciais que garantem uma liderança efetiva, tais como:
  • Ter boa comunicação: repassar mensagens de forma clara e objetiva garante o entendimento – requisito fundamental para a produtividade da equipe e conquista de resultados. Além disso, saber ouvir o que cada membro do time tem a dizer auxilia no relacionamento e na execução das tarefas do dia a dia, já que são os diversos profissionais da frota que vivenciam problemas e demandas da operação. 
  • Saber motivar: entender o que cada colaborador necessita, buscando o melhor desempenho de todos eles, é fundamental para garantir o clima de bem-estar na companhia e produtividade da organização.
  • Ser exemplo: o analista deve ser referência na entrega de demandas, na motivação para o alcance de resultados e na disponibilidade e abertura de diálogo. Ele é como um termômetro do resultado da equipe, repassando dados e informações para o gestor. 

5. Resiliência emocional  

O grande fluxo de informações e demandas operacionais, com as quais o analista de frota lida diariamente, requer equilíbrio emocional, assim como sensibilidade na análise e solução de cenários críticos e eventuais conflitos. Portanto, conseguir trabalhar sob pressão e com desempenho constante, afastando problemas e solucionando crises, é uma habilidade essencial para esses profissionais. 

Gostou das dicas? Confira muito mais no Blog da Localiza Gestão de Frotas