​​​Quando trocar de carro? Saber a hora certa de renovar a frota é um dos grandes desafios dos gestores. Afinal, manter os veículos em bom estado de conservação e funcionamento é fundamental para a qualidade do serviço. E saber a hora de trocá-los é essencial para o equilíbrio das contas de uma organização. 


Por isso, preparamos este miniguia com os principais pontos que você deve considerar na hora de renovar a frota. Confira!

Itens para observar 

​Para trocar de carro, é importante levar em consideração alguns itens. Confira abaixo os principais. 

1. Quilometragem 

​Embora relativa, a alta quilometragem é o primeiro item que deve ser avaliado. Isso porque quanto maior a quilometragem, mais chances de problemas mecânicos acontecerem. Consequentemente, há um considerável aumento no custo de manutenções – o que pode comprometer o orçamento da empresa. 

2. Custo de Manutenção 


Todos os carros precisam de revisões periódicas. Essas manutenções devem ocorrer dentro de um prazo recomendado pelo fabricante. Nelas, profissionais avaliam as peças do veículo e detectam a necessidade de troca dos itens. 

Ocorre que, mesmo quando a frota só exige manutenção preventiva, há um custo. E quanto maior a quilometragem, mais itens precisam ser substituídos com frequência para garantir o funcionamento adequado do veículo, como vimos no tópico anterior. 

Portanto, analisar o custo total de manutenções é um critério importante para entender se chegou a hora de trocar os carros da empresa. Aqui, especialistas em reportagem para o site Globo.com indicam a regra dos 10%, que consiste na definição de gastos anuais de no máximo 10% do valor de venda do carro definido pela tabela Fipe. ​

Ou seja, se você possui um carro que na Fipe está por R$ 30 mil, e seus gastos em oficina e troca de peças estão ultrapassando R$ 3 mil por ano, é hora de avaliar a compra de um novo automóvel. 

3. Consumo de combustível 


Autonomia – que, basicamente, significa a combinação entre amplitude do tanque e eficiência do motor para aproveitar mais o combustível – é uma das apostas das montadoras na produção de veículos novos. Cada vez mais consumidores procuram por carros econômicos. E para os carros de empresas, que percorrem longas distâncias todos os dias, a eficiência do consumo é um item impactante. 

Isso significa que, quanto mais antigo for o automóvel, maiores as chances de que o consumo de combustível não seja tão eficiente. Portanto, vale a pena avaliar quantos quilômetros por litro os carros da frota estão fazendo. Afinal, considerar carros mais novos é considerar, também, economia. 

4. Desvalorização do veículo  

 
Carros possuem vida útil. O design fica ultrapassado, o consumo não é tão eficiente e, principalmente, as peças desgastadas pelo uso ficam mais escassas – o que impede uma manutenção adequada. Como consequência, há a desvalorização de mercado. 
 
Quanto mais tempo sua empresa demora para trocar de veículo, mais desvalorizado ele fica. Logo, menos você ganha com a revenda e mais cara se torna a compra de novos automóveis para a frota. ​

Por isso, além de assegurar que seu time use carros mais econômicos e com funcionamento adequado de peças e circuitos, investir na renovação da frota ajuda a empresa a fugir de perdas consideráveis causadas pela depreciação. 


Benefícios para a empresa na troca de veículos  

Os benefícios da renovação da frota na hora certa vão além de aspectos financeiros. 

O veículo utilizado por uma empresa influencia na imagem corporativa e percepção da marca.  Afinal, é através dele que os colaboradores se locomovem pelas ruas e chegam até os clientes. 

Em outras palavras, um carro bem cuidado e em bom funcionamento demonstram a preocupação da empresa com padrões de qualidade – o que impacta diretamente na imagem de seus produtos e serviços. 

Outro item importante a ser considerado nessa avaliação de benefícios é a segurança da equipe. Renovar a frota significa, de certa forma, proporcionar veículos mais adequados para a condução e para o trânsito. E a razão é simples: carros mais modernos costumam apresentar menos falhas técnicas e vêm com mais itens de série que protegem condutores, passageiros e cargas.

Quando trocar de carro: vantagens de terceirizar a frota 

Como vimos, analisar o momento certo da troca de veículos nem sempre é tão simples. Mas, de modo geral, é possível entender que renovar a frota faz parte de um processo saudável para qualquer negócio. 

Por isso, contar com uma frota terceirizada pode ser a solução ideal. Na Localiza Gestão de Frotas, por exemplo, sua empresa encontra várias vantagens. Listamos as três principais: 

1. Carro sempre novo e na hora certa 


Na Locali​za Gestão de Frotas, os carros e a duração do contrato já são pensados de acordo com o seu negócio e necessidades operacionais. Isso significa que, na hora certa, basta sua empresa renovar a contratação do serviço para receber modelos novinhos, sem se preocupar. 

2. Redução de burocracia 


Todo o trabalho de negociação com as montadoras, compra, licenciamento, emplacamento, seguro, transporte dos veículos até a sua empresa, revenda e renovação da frota são tarefas da Localiza Gestão de Frotas. Você sempre recebe o carro novo e pronto para o trabalho.

3. Redução de custos 


Sua empresa não perde dinheiro com manutenções corretivas de modelos antigos, não perde com a depreciação do auto e nem com impostos provenientes de revenda. Além disso, você não fica com capital parado e nem compromete o caixa ou linhas de crédito com compras de veículos. 

Quer saber mais? Entre em contato conosco!​