​Enquanto monitoramento é uma forma de acompanhar a frota, rastreamento e telemetria são ferramentas que permitem ao gestor de frotas​ entender a localização, a performance dos veículos e o perfil dos condutores. No entanto, cada um dos conceitos apresenta outras particularidades – e compreendê-las pode colaborar muito com a eficiência do negócio. Quer saber mais? Confira abaixo! 

O que é telemetria veicular 

Podemos descrever o sistema de telemetria veicular como um monitoramento de veículo completo. Isso significa que além de dar informações sobre trajetos e dados básicos da condução, ele entrega outros pontos muito mais detalhados.  

Por exemplo: qual a velocidade aplicada em curvas, tempo de frenagem e momento das trocas de marcha. Além disso, o sistema de telemetria envia informações para um servidor que pode ser acessado remotamente e permite interação à distância. 

monitoramento veicular, como o nome sugere, é um tipo de acompanhamento do veículo. Com o procedimento é possível saber quais rotas estão sendo adotadas, além de alguns aspectos sobre o comportamento do motorista.  

Nesse sentido, o monitoramento veicular auxilia o gestor de frotas a compreender onde está o carro, quanto tempo os trajetos demoram e se o condutor respeita os limites de velocidade, por exemplo. Ele é um dos vários elementos presentes em um sistema de telemetria. 

Rastreamento X telemetria veicular  

Essencialmente, sistemas de rastreamento servem para identificar a localização do veículo. É o tipo de ferramenta que permite conferir o posicionamento do carro e garantir mais segurança ao condutor e à carga.  ​

Enquanto isso, os sistemas de telemetria são destinados às informações sobre dirigibilidade, entre outras funções. Como trata-se de um aparato bem completo, ele engloba as funções do rastreamento, mas ainda entrega dados que permitem concluir o perfil de condução.  

Por fim, o monitoramento é uma solução de acompanhamento de frota. Pode fazer parte de um sistema de rastreamento e de um sistema de telemetria, sendo que este último é uma das várias soluções inteligentes para entender posição e performance da frota.  

 

 

Vantagens da telemetria 

O rastreamento veicular é interessante porque proporciona o localização do veículo. Já a telemetria veicular tem como vantagem essa informação somada a vários aspectos da condução, além da possibilidade de interação com o carro e condutor.  ​

Dessa forma, é possível traçar um perfil da equipe e desenvolver ótimas estratégias de operação e segurança. Por isso, destacamos as principais vantagens da telemetria: 

1. Produtividade 

Com o sistema de telemetria sua empresa pode aumentar a produtividade em diversas frentes. 

​Inicialmente, temos as rotas: o gestor compreende em detalhes os caminhos da equipe. Isso permite desenvolver trajetos mais curtos ou que incluam mais atendimentos a clientes, por exemplo. Sem contar a possibilidade de desviar o caminho em situações de atendimento emergencial ou aproveitamento de oportunidades – nesse caso, o condutor mais próximo é enviado ao destino.  

Outro ponto interessante é o desenvolvimento da equipe. Com a telemetria é fácil entender o perfil de condução de cada integrante e criar diretrizes ou programas de recompensa para as performances mais eficientes e seguras. 

Mais uma frente de produtividade onde a telemetria atua é na condição dos veículos. Graças às informações da ferramenta, é possível identificar comportamentos incomuns no motor e em outros sistemas do carro. Aqui entra, então, a manutenção preventiva. Além de mais barata ela é mais rápida, o que exige muito menos tempo do automóvel fora de operação. 

2. Redução de custos e sinistralidade da frota 

​Os sistemas de telemetria também ajudam a reduzir custos e diminuir os índices de acidentes da frota. Primeiro, porque a simples existência de um sistema como esse influencia no comportamento da equipe, que vai escolher condutas mais prudentes – resultando em menos multas e sinistros. 

Depois, porque ao captar dados que demonstram uma condução muito agressiva ou fora dos parâmetros defensivos, é possível criar políticas internas e treinamentos que visem aperfeiçoar a atuação dos motoristas.  

3. Segurança 

telemetria também auxilia na segurança, porque ela engloba as funções de monitoramento – ou seja, de localização – acrescidas da possibilidade de interação com o sistema. Sendo assim, a equipe de gestão pode travar portas e motor quando o carro é furtado.  

​Além disso, pode se comunicar com o motorista quando percebe um comportamento atípico – em caso de tentativa de roubo ou numa situação de perseguição, por exemplo. E pode, ainda, passar dados precisos do posicionamento para a polícia.  

Como escolher um sistema de telemetria eficiente 

Para fazer essa escolha é necessário procurar por uma empresa de credibilidade. Nossa dica é recorrer à pesquisas na internet e entrar em contato com os fornecedores para conhecer o serviço.  

​Na Localiza Gestão de Frotas, por exemplo, o sistema de telemetria é completo e desenvolvido com tecnologia de ponta. Além disso, a equipe é preparada para entender particularidades da sua frota e configurar a ferramenta de acordo com as suas necessidades.